14 de jun de 2012

Bolha Imobiliária

Leitores do blog, Estamos vivendo momentos de ruptura da bolha imobiliária e de crédito brasileira. O assunto caiu na boca do povo. A mídia já fala do assunto. Os corretores estão desesperados. O mercado de veículos financiados já entrou em declínio e o de imóveis segue junto. O endividamento do brasileiro é recorde, nunca antes visto em níveis tão elevados. Agora é questão de pouco tempo para o desespero dos repassadores de ágio. Vamos assistir de camarote a entrega dos empreendimentos lançados em 2009, 2010 e 2011, com preços bolhudos. Em Brasília iremos ver o desespero dos repassadores de ágio do setor noroeste e do Park Sul no Guará, bem como dos empreendimentos de Samambaia, Gama e Águas Claras, enfim, toda a nossa cidade. Os imóveis de baixa renda no entorno tem índices de devolução incríveis. Ninguém avisou à população de baixa renda que a prestação de 300, 400 reais vira de 600, 700, 800 após a entrega das chaves (também não avisaram que as chaves tinham reajuste). Enfim, o cenário começa a virar. Não tenho mantido atualizado o blog. Recomendo a todos que acompanhem o desenrolar dos fatos pelo blog www.bolhaimobiliaria.com . Quem quiser se manter informado sobre econômia, recomendo que leia os blogs www.mises.org.br, blogdoklebers.blogspot.com e rodrigoconstantino.blogspot.com. Agradeço a todos por prestigiarem o blog. Abçs

50 comentários:

Anônimo disse...

quem nunca ouviu que imóveis não desvalorizam nunca?

e que em Brasília é garantido um aumento de 30% ao ano nos preços dos imóveis, pra sempre!

estou esperando o aumento de 30% do ano passado pra este q ainda não vi. Será que pro ano que vem aumentará 60% pra compensar os 30% que não subiram de 2011 pra 2012?

Unknown disse...

Creio que aqueles pedaços de terra em Goiás, chamado Alphaville, devem passar a custa menos da metade que pedem hoje (não que vale, mas só pedem).

Anônimo disse...

Só corretor e quem financiou imóvel não acredita nesta bolha, a Copa está chegando hehehe!

Anônimo disse...

Sobre a bolha americana e a brasileira:

-Nos EUA, sempre houve credito fácil com juros muito baixos. Quase todo mundo compra financiado. Contudo, na era Bush, houve um pequeno aumento dos juros. Esse pequeno aumento foi suficiente para muitas pessoas não conseguirem pagar e, assim, devolver ou perder os imoveis. Isso causou uma enxurrada de imoveis devolvidos na mão dos bancos. Então, na hora de colocar a venda, a oferta aumentou muito, os preços cairam e os bancos tiveram prejuizo.

No Brasil, o financiamento é novidade. A Caixa, o minha casa minha "víbora", digo, minha vida, só financia imoveis pequenos. Os juros não são baixos. É uma realidade diferente. Pode haver um estouro, pois o Brasil é muito instável. Amanhã, pode vir uma nova crise e o juros pode disparar outra vez. Quem financiou pode se ferrar, pode haver algo parecido com a bolha americana, mas a escala será menor. Será algo parecido com o que já vimos outras vezes no passado.

Na minha opinião, o que inflacionou o mercado não foi o crédito de casa popular no minha casa minha "víbora". Claro que ajudou a aumentar o preço de casa populares, contido, o problema mesmo foi a crise de 2008 que trouxe extrema volatilidade nas bolsas de valores. Antes disso, o pessoal estava ganhando dinheiro nas bolsas. Então, muitos especuladores aventureiros levaram ferro e correram para os imoveis. Sempre que não há algo seguro para investir, compram imoveis. Mas estou falando de gente que tem dinheiro, não confunda isso com a bolha bancaria do pobretão que financiou uma casinha na periferia.

Portanto, existem duas bolhas: uma de crédito, pequena porém socialmente perigosa, perigosa principalmente para os bancos, e outra de oferta e procura. A segundo é menos perigosa porque não envolve os bancos, mas tem uma escala maior e pode afetar construtoras.

Concluindo, os preços já estão estabilizando e tendem a cair porque atingiu o limite da razao aluguel x preço. Os alugueis estão limitados pelos salarios das pessoas. Estamos chegando num ponto onde o aluguel de um bom imovel já está salgado até para o salário do presidente. E quando a bolsa parar com a volatilidade e voltar a dar dinheiro fácil, coisa que ainda vai demorar, ou quando os juros voltarem a subir muito, o que é bem possivel num cenário de crise e inflação, os especuladores tentarão vender os imoveis para ganhar mais em outra coisa. Assim haverá muita oferta e os preços podem despencar.

Anônimo disse...

Prezados,

Sejamos sensatos, pensem em grandes capitais e bairros de classe média; é possível encontrar imóveis por menos de 250 mil em um padrao razoavel para uma familia de 3 ou 4 pessoas?

Agora vamos considerar que 15% da pop brasileira tenha uma renda familiar maior do que 6 mil reais - Classe B (o necessário para financiar 180 mil reais no prazo máx na CEF)


Conclusão: a renda do brasileiro não sobe na mesma proporção do que o valor dos imóveis...
Levando em consideração que a grande maioria dos trabalhadores, se tem os seus salarios atualizados, são para corrigir a inflação... em pouquissimo tempo haverá maior oferta do que procura.

*** No mesmo ritmo pessoas que recebem altos salários vão de estapear para ver quem compra primeiro seu enorme apartamento de 45 metros por 4151324 milhões de reais... lindo!

Anônimo disse...

Bom post!
Bastante boa a exposição da sua visão deste mercado!
Sou bastante interessado nesta área de negocio! Mas penso que as pessoas devem estar atentas as taxas de retorno sobre o investimento, ao risco do investimento, a contabilização dos encargos legais que tem esse tipo de investimento... Mas continua a ser um excelente negocio...Como? - apenas porque quem investe antes se informa muito bem do que vao comprar!
A respeito do mercado imobiliário e suas tendências, encontrei alguma informação sobre avaliação do investimento imobiliário, e o que esperar dos seus rendimentos. Tudo sobre Avaliação de todo o tipo de imóveis, incluindo descritivos, metodologias de analise de investimento, métodos de avaliação e até rentabilização de portfólio imobiliário ou capital imóvel pessoal!
http://avaliarimoveis.blogspot.pt/

Espero que ajude!

Abraço!

Mosca 1 disse...

Dizem que o valor do m2 no Noroeste já é menor do que o que foi pago nos "superlançamentos" há dois, três anos. Pena que a mídia do DF - leia-se Correio Braziliense - não tenha interesse em divulgar.

Anônimo disse...

"quem NÃO acredita em bolha é corretor" E QUEM ACREDITA que há a tal da bolha?
em geral são blogueiros; economistas profissionais ou não; estão vendidos no mercado imobiliário; se não estão não venderiam o imóvel em que moram porque podem estar errado, mas no blog a coisa é outra...vende-se outra coisa...hehehe

Consultor financeiro disse...

Saiu no Correio Braziliense hoje que os preços caíram 20%. Se a imprensa que é em boa parte financiada pelas construtoras já admite a queda é porque os preços vão cair ainda mais! Agora é o momento de juntar dinheiro para daqui a pouco comprar as "galinhas mortas".

PROPRIETÁRIO disse...

Dando continuidade ao que você escreveu em seu post: Enfim, todos nós, inquilinos, poderemos finalmente comprar nosso merecido imóvel. Esperamos demais e agora é a nossa vez, pois temos direito a uma moradia decente, bem localizada e reformada, e pagando bem barato por isso. Muito barato mesmo, de forma que numa sentada teremos condições de quitar nosso apartamento, e certamente ainda sobrará alguns dinheiro para trocar de carro e viajar para o exterior todo ano. É assim que tem ser, e será quando a bolha estourar. Não importa se o DF já tem quase 3 milhões de habitantes, o certo é que todos nós caberemos com folga e teremos espaço de sobra para enormes apartamentos no Plano Piloto. Não será problema a falta de espaço para novos prédios no Plano, pois os atuais estão todos vazios, o que se conclui pelo trânsito tranquilo e cada vez mais pacato das tesourinhas das Asas ou no Sudoeste. Com alguns poucos trocados, teremos condições de comprar aptos 3 ou 4 quartos no Sudoeste, Asa Norte e Asa Sul, quiça Lago Sul e Lago Norte. Comprar imóvel em Águas Claras então, será possível com o troco do pão, e possivelmente o entorno do DF deixará de existir, pois todos poderemos ser proprietários de ótimos imóveis no Plano, os quais poderão ser comprados a preço de banana. Isso porque a bolha vai estourar, explodir, implodir e tudo mais, é só esperar mais um pouquinho. Os jornais estão na verdade escondendo que os imóveis já caíram 20% ou 30%, mas é melhor esperar mais para a queda chegar aos 80% pelo menos. Os proprietários de imóveis irão se ferrar todos, e pagarão caro por terem realizado o sonho da casa própria antes da gente. Quem viver verá.

Henrique Alencar disse...

Agora é oficial, saiu na capa do Correio Braziliense, domingo 22 de julho de 2012. "Esta é a hora de comprar seu imóvel" ao contrário do que pode levar a pensar o título na verdade a matéria traz um apanhado dos acontecimento de queda de grandes construtoras como Tenda e MRV e a dificuldade de venda, e mostra que os imóveis já não são investimentos com garantia de aumento de 30% ao ano, pelas estimativas não devem passar de 4 a 5%, chegou a nossa hora de comprar pois como vocês já devem ter percebido os preços estão congelados ou já caindo em alguns casos.

Anônimo disse...

Resposta ao brilhante "Sr proprietario."
Achei fantástico o seu comentario. Claro, aposto que você deve ser mais um dos grandes investidores(especuladores amadores) que juram que fizeram um super negócio!!! Pagaram seus 10.000 reais por metro quadrado em Brasília. Incrível!!! Meus parabéns!! Com certeza um dos lugares mais valorizados do mundo!!! Claro que os mais de 1500 imóveis a venda na Asa Sul, 1400 na Asa Norte, 8500 imóveis na maravilhooosa Aguas Claras, 3000 no fantasmagórico Nororeste, vão se valorizar assim mesmo. Não vamos falar dos 250 ap nos CAs do Lago Norte e tampouco dos 850 do Sudoeste. Esqueça os 2500 da grande cidade de Samambaia com seu altíssimo poder de compra. Esses números vc pode ver no site da maior comerciante/anunciante de imóveis da região. A w....
Agora alguns pontos interessantes:
1 - Goiânia localizada a apenas 180 km, com imóveis de até UM TERÇO !! do valor, no setor Bueno!!
2 - Entre no mesmo site e procure que descontada a populaçao das 2 cidades, o número de imóveis aqui a venda é mais de 10x em relação a cidade goiana. (claro brasiliense gosta de morar em dois ou três imóveis ao mesmo tempo, por isso mais oferta.!!)
3 - Quem já construiu uma casa (como eu), sabe que o metro quadrado de luxo, custa em torno de 1000 a 1500 reais no máximo. Claro que não estou falando desses lixos das duas asas com mais de 50 anos, isso sai beem mais barato. E em Brasilia tem gente que pagou incriveis 12000 o metro!? Em Goiânia (de novo, eu sei) vc compra por 4500 a 5000. Lucro de quem construiu, mas nada tão louco quanto aqui.
3 - Porque os imóveis então não vão cair de preço? Quem sabe o Sr propietario conheça alguns outros países, como EUA, Espanha, Japão... vai lá dar uma olhadinha e depois me conte. Claro, isso se vc não estiver apertado seu financiamento de 33 anos a juros de 10% mais TR...
4 - Boa sorte amigo com seu imóvel, porque caso vc se arrependa vai ter que disputar a venda com mais uns 40000 vendedores da nossa capital.

:)

Anônimo disse...

Primeiro
Quem financia não é dono de nada, porque o dono é o financiador.
Segundo depois da copa esse castelinho de areia irá desabar .
Terceiro os valore já estão baixando, quem vai fazer o verdadeiro negócio serão os donos de casa que vendendo agora na alta ganharão comprando depois da copa. Falta pouco .
Daniel

PROPRIETÁRIO disse...

Resposta à "resposta ao brilhante Sr. Proprietário" (obrigado pelo brilhante! rs).
Você perdeu sua aposta! Não sou investidor e nem moro mais em Brasília (morei por 5,5 anos mas já voltei pra minha cidade natal). Sobre esses números que você citou de não sei quantos imóveis a venda nas Asas, tantos no Sudoestes, outros tantos em Águas Claras, etc, deve saber que o número sempre foi alto mesmo, e o que eu na verdade não sei é quantos estavam a venda em 2006 e 2007, por exemplo, é uma coisa que eu gostaria de saber mesmo para meu benefício. Se souber me indicar o link que mostre isso, agradeço, do contrário, são números que nada dizem, pois como já falei, o número sempre foi alto mesmo! Não se esqueça de indicar a fonte, se souber, ok? Sobre: Goiânia a apenas 180 km do DF... Ué, quer dizer que o sujeito para trabalhar no DF e ir todo dia pra Goiânia? Não entendi o que tem a ver. Se lá tá barato, bom pra quem mora lá... Concordo que construir é um bom negócio. Mas então você está falando de casas! Bom, sei que nos Lagos você paga mais pelo preço do Lote do que da casa em si, mas enfim, de fato é melhor comprar um lote e construir, mas são poucos que fazem isso, mesmo porque a maioria hoje vai para apto. Isso que você falou não afeta muito os preços no geral. Sobre o caso de países estrangeiros, mais um que gosta que viajar pelo Globo para alimentar suas ilusões de bolha... EUA, Japão, Espanha... Vou dizer o que já disse para outro: não vou perder meu tempo com devaneios de inquilino frustado, dá pra ficar no Brasil por favor?! E na Itália, Alemanha, Portugal, Argentina, Marrocos, Tunísia, Austrália, Coreia do Sul, Panamá, como aconteceu? Faz uma estatística aí pra gente ver se o que aconteceu em alguns países que você catou é o que ocorreu na maioria! Como eu disse, não vou ficar viajando em devaneios de inquilino frustado, se você se apega a esse argumento furado, tem que explicar melhor. Ah sim, outra coisa, o meu financiamento inicialmente era de 12 anos, não obrigatório ser 30 sabia? Mas como venho amortizando, quero quitar em 6 anos pelo menos, talvez menos. Agora, boa sorte com seu aluguel pelo resto da vida! Lembre-se que você em 30 anos você pagará muito mais aluguel do que qualquer um que tenha financiado em 30 anos pagará de juros (como disse, não é meu caso, em 6 anos liquido tudo). E por fim, depois me responda o que você sente ao olhar todas as noites para um teto que não é seu, ok? Ah sim, finalizando, veja em http://www.zap.com.br/imoveis/fipe-zap/default.aspx se o preço está estagnado ou caindo, ok? Boa sorte com seu aluguel! :))

PROPRIETÁRIO disse...

Respondendo ao "Anônimo Daniel":
Quem financia é dono sim, pois pode usar, gozar e dispor (como vender) da coisa! Outras coisas que vocês precisam entender: 1) não é obrigatório financiar em 30 anos, se quiser financiar em 1 você pode! Tem gente que tem mais grana que outros, ué, tá com inveja? 2) Não precisa é obrigatório financiar 90% ou mais do imóvel não, se quiser você pode financiar 15%, 20%, etc, basta calcular e ver quanto vale a pena e escolher o imóvel respectivo. Me diz, uma pessoa que financiou 20% do seu imóvel em 10 anos não é dono dele? Vai ver que quem é dono deve ser o inquilino então...
Ué, depois da copa que o preço vai cair? A bolha não estava estourando? Agora já estamos falando em final de 2014? Rs.
Por fim, veja em http://www.zap.com.br/imoveis/fipe-zap/default.aspx para ver se os preços estão baixando! E antes que os desavisados de plantão digam alguma coisa, vale lembrar que esse índice é feito em parceira com a FIPE, a qual inclusive empresta o seu nome para o índice, sendo notório que é uma Fundação séria, que por exemplo elabora a famosa Tabela FIPE dos automóveis, a qual é utilizada por todas as Seguradoras na hora de calcular os valores de seguro do carro!

PROPRIETÁRIO disse...

Para reflexão: o sonho da casa própria já vem de décadas! Ninguém quer ser inquilino! O problema é que a maioria não aceita "a posição que lhe pertence". Traduzindo: não aceita o bairro ou Setor que tem condições que comprar. Qualquer um hoje pode comprar seu imóvel! Só não pode comprar no Plano! Mas pode comprar em Águas Claras, ou Sobradinho, ou Samambaia! Mas dirá: eu? Em Samambaia? Ué, te fará uma pessoa pior? Bom, se é lá que você pode comprar, é lá o local que, HOJE, pode morar! AMANHÃ poderá no Plano! Mas como o sujeito não aceita isso, então fica no aluguel mesmo, sonhando com uma coisa que nunca virá (bolha). Paga e sempre pagará o preço da ilusão. Se vocês acham que os preços no Plano estão muito altos, saibam que estão é para vocês, porque tem gente que pode pagar sim! E pagará! E nem acho que já chegaram ao topo, vão é aumentar mais! Aumentarão sempre na verdade.

Anônimo disse...

proprietario vai tomar no cu!!!

PROPRIETÁRIO disse...

Xiii, hoje é dia de gente aí pagar o aluguel... kkkk
Não tenho culpa se você é pé rapado ou invejoso, hehehe.

João Paulo disse...

Pessoal, a preocupação com a Bolha e futura quebradeira está mexendo com o maior banco privado do Brasil. Vejam estes comerciais encomendados pelo Itaú pedindo para os clientes terem mais consciência ao comprar imóveis:

http://www.youtube.com/embed/GRDzwLIDQdk
http://www.youtube.com/embed/SoevB_H_7m4

Quando um banco que sempre quis que os clientes não tivessem consciência e se afundassem em dívidas lança uma propaganda dessa é mais uma confirmação do que há muito tempo já sabíamos: A vaca tá indo pro brejo. Quando o pessoal começar a devolver os imóveis, esta garantia do financiamento perderá cada vez mais valor, principalmente os mais caros, deixando o banco com uma fraca moeda.

Anônimo disse...

OFERTA MAIOR DERRUBA EM 20% OS PREÇOS DE IMÓVEIS

Autor(es): ANA D'ANGELO

Correio Braziliense - 22/07/2012

Como há muita oferta, o consumidor deve ter paciência para pesquisar e disposição ao negociar. O desconto médio, dizem especialistas, já é de 20%

Os preços dos imóveis chegaram a subir ao ritmo de 30% ao ano até meados de 2011 em todo o Brasil, mas o fenômeno acabou. No Distrito Federal, o aumento foi de 5,5% nos seis primeiros meses deste ano, contra 7,45% em outras sete capitais. Com a grande quantidade de ofertas de empreendimentos, o prazo de vendas se elevou em até seis meses. E mais: os bancos reduziram as taxas de financiamento e ampliaram as condições de pagamento para 35 anos.

Consumidor que tiver paciência e disposição para negociar poderá obter descontos na compra da casa própria. Estoques elevados e necessidade das construtoras de fazerem caixa reduzem o ritmo de valorização dos empreendimentos

Anônimo disse...

continua...

O boom dos preços dos imóveis, que chegaram a subir ao ritmo de 30% ao ano até meados de 2011 em todo Brasil, chegou ao fim. As vendas diminuíram e o que se vê no mercado é uma superoferta de empreendimentos, que está dando aos consumidores a chance de obter excelentes descontos, em média de 20%. A dica dos especialistas é clara: não aceite a primeira oferta. Pesquise, compare, exija abatimento. Com estoques além do desejado, as construtoras já se convenceram de que é melhor vender por menos do que acumular prejuízos ao manterem imóveis encalhados. Não à toa, as empresas reduziram os lançamentos.

A situação para os consumidores está melhor do que nunca. Além dos elevados estoques das construtoras, as pessoas físicas que compraram apartamentos na planta para especular na venda do ágio, quando o empreendimento ficasse pronto, estão, agora, se dando conta de que os tempos de exageros nos preços ficaram para trás. Prestes a pagarem a parcela das chaves, muitos investidores estão aceitando repassar os imóveis, adquiridos até três anos atrás, por um valor pouco maior ou praticamente equivalente ao que foi desembolsado com entrada e prestações, dependendo da localidade.

Para se ter uma ideia de como os ventos estão soprando a favor dos consumidores, as vendas que, até 2010, eram realizadas em 90 dias, na média, hoje levam seis meses ou mais, afirma o corretor Armin Reinehr Neto, do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Distrito Federal (Creci-DF). Por isso, conforme dados da Fundação Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Fipe), da Universidade de São Paulo, o aumento dos preços de imóveis prontos perde força aceleradamente. Os valores, que avançaram 10,2% em sete capitais nos últimos seis meses de 2011, subiram 7,45% de janeiro a junho deste ano. No DF, essa alta foi menor — de 2,99% no segundo semestre de 2011 e de 5,5% nos seis primeiros meses de 2012.

Segundo corretores, os negócios de compra e venda são fechados por valores mais baixos, principalmente quando o comprador está com o dinheiro na mão e não é colocado outro imóvel ou veículo como parte do pagamento. Atualmente, as vendas mais rápidas são as que envolvem, no negócio, outro imóvel de valor menor.

Sem euforia
"Os preços continuam subindo na média, ainda que em ritmo mais lento. Mas não se vê mais o clima de euforia dos últimos anos. Houve mudança de patamar dos preços, que esbarrou na capacidade de pagamento dos compradores", observa o economista Eduardo Zylberstajn, coordenador do índice da Fipe que mede a valorização do mercado imobiliário. Segundo ele, a voracidade do consumidor não é mais a mesma, mesmo havendo a necessidade e a vontade de ter a própria casa. "Em qualquer mercado, quando há aumento de preço, é esperado que a quantidade ofertada aumente e tenha menos pessoas em condições de comprar ou com interesse de pagar o que está sendo cobrado", analisa.

Anônimo disse...

continua...

Para o engenheiro Cláudio Tavares de Alencar, professor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli/USP), a tendência é de estabilização dos preços dos imóveis ao longo deste ano. "Os valores estavam subindo muito fortemente. Surgiu o risco de se formar uma bolha (que, por sinal, foi motivo de alerta do Banco de Compensações Internacionais (BIS), o BC dos bancos centrais). Porém, o mercado deu uma freada. Já há acomodação clara do avanço dos preços nas principais cidades", constata.

Como já não aceitam mais a supervaloriza dos empreendimentos, os consumidores têm preferido comprar imóveis que cabem no seu orçamento, de tamanho menor ou em bairro diferente do pretendido originalmente. A ordem é não transformar um sonho em uma grande dor de cabeça. "Como os salários estão se distanciando dos preços dos imóveis, muitos compradores estão procurando imóvel um pouco inferior ao que gostariam anos atrás", afirma o vice-presidente de Incorporação Imobiliária e Terrenos Urbanos do Sindicato da Habitação (Secovi-SP), Emílio Kallas.

A depender do bairro, porém, é possível encontrar imóveis até com preço menor que de um ano atrás. Isso está ocorrendo porque há mais ofertas em algumas áreas das principais capitais, o que está levando as construtoras, principalmente as de capital aberto, com ações negociadas na bolsa de valores, a baixar os valores cobrados para fazer caixa. Isso inibe o crescimento dos preços em geral.

Christiane Ávila disse...

Oi, tudo bem?

Pouco tempo atrás, meu marido e eu financiamos um novo imóvel. Optamos por comprar um apartamento novo, pois dessa forma, sendo os únicos proprietários, acreditamos ficar mais fácil de vender no futuro.

Consultamos bastante em sites especializados como esse:

http://www.auxiliadorapredial.com.br/

Mas não há dúvidas que a bolha imobiliária existe e está aí. A realidade para muitas imobiliárias do Brasil, infelizmente.

Abraço!

Anônimo disse...

Ei PropiOtário...já que você é o sabidão, cheio da grana, compra mais um no plano agora que vai continuar subindo! tem mais de 1000 só na Asa Sul pra vc escolher. Vai lá seu imbecil!

proprietario by smart phone disse...

oi anonimo de 8 de agosto. De vez em quando venho aqui sim pra humilhar derrotados e idiotas como voce. Mas so de vez em quando... Eu compro o que eu quiser, ja comprei meu apto e um lote. Nao sou inquilino invejoso e pobretao como voce. Estou agora pensando em comprar um carro melhor, o que vc acha da l200 triton da mit? Nao tenho culpa de vc é burro e invejoso. Se liga.

Roaldo disse...

Pedro, visto sua habilidade com as palavras, e seu dom em prever o desastre, diga ai os números da sena?

Vamos e convenhamos, em nenhum comentário há uma análise sistêmica, econômica, ou social, o que me leva a crer haver um aspecto de teoria da conspiração ou desejo pelo mal alheio.

Quando repensar sobre a sua função no mundo, me convide, eu te visito em Brasília e lhe demonstro que apesar de a fornalha aparentar possível resfriamento, você aprenderá que é o maior colocar de lenha na mesma.

Boa sorte com a teoria, não sou investidor, não sou favorável ou contra, só estou te utilizando para responder a minha esposa quanto a indignação dos preços praticados.

Tenha fé.

Anônimo disse...

GALERA VENHO AQUI CONVIDA-LOS À PARTICIPAR DO FÓRUM: http://forum.skyscraperpage.com/showthread.php?p=5804112#post5804112
LÁ TEM UM THREAD ESPECIFICO SÓ PARA DISCUSSÃO SOBRA A TAL DA BOLHA IMOBILIÁRIA ESPERO QUE VISITEM LÁ,

AGRADECIMENTOS...

Anônimo disse...

tOlá pessoal, como estãoW Vejo um grande dilema a respeito disto tudo.Mas o que acredito que qualquer dinheiro que mais caro que seje e qualquer financiamento por mais caro que seje e qualquer bolha que seje por maia avassaladora que seje nâo é derrota como pagar aluguel.Pois pense bem vc paga barato ou caro e continua não sendo seu em nada.NAO PODE FAZER REFORMAS OU MUDAR O IMÓVEL..PODER ATÉ PODE MAS QUANDO ESTIVER MELHOR O PROPRIETARIO VAI AUMENTAR O ALUGUEL O PEDIR PRA TU SAIR.E NAO TEM COISA PIOR QUE CONVERSAR COM O "SEU BARRIGA" PROPRIETARIO.Mas Brasília realmente é at´pica e sempre foi.Aqui quando mudei a 20 anos atras era caríssimo moradia.E continua a mesma coisa e acho que piorou pq a cidade cresceu.O importante é saber onde vc trabalha.Se trabalha no plano tente morar numa coisa menor ou menos cara.Se não trabalha no plano que que quer pagar mais caro.

carlos bering disse...

Prezados.
Um forte indício da bolha em Brasilia foi fracasso do lançamento do residencial 2 de alphaville brasilia, realizado em 18 de agosto desse ano. No lançamento só foi vendido 55 lotes de um total de 426. UM FRACASSO TOTAL. Algumas pessoas parceiras do alphaville propagam que foram vendidos 65%: MENTIRA eu estava lá e vi um grande FRACASSO.

carlos bering disse...

ALPHAVILLE BRASÍLA, QUE FICA EM GO, TEVE O LANÇAMENTO DO SEGUNDO RESIDENCIAL NO DIA 18 DE AGOSTO. ACREDITEM FOI UM FRACASSO TOTAL. TEVE 55 OTÁRIOS QUE COMPRARAM LOTES DOS 426 QUE ESTAVAM A VENDA. AS PESSOAS SE ESQUEÇEM QUE ALÉM DA TABELA PRICE HÁ O TAL DO IGPM+1. QUE QUASE TRIPLICA O VALOR DAS PARCELAS MENSAIS. HE! POVO BURRO! SERÁ QUE NÃO ENXERGAM A BOLHA NA CARA DELES.

abdd disse...

Estive acompanhando este blog desde 2010 e só agora resolvi me manifestar, tava esperando a explosão da bolha.
Bom, meu nome e Andrea , moro em brasilia desde 76, filha de funcion. Publico hj aposentado morando em Curitiba em casa de 2 pavimentos, 3 suites, 2 quartos ,muito boa comprada com o dinheiro da venda de um apto de 3 quartos na 312 Sul, já faz tempo, foi em 1994 , o valor da casa em curitiba na época foi 1/3  do valor do apto, e já se falava do absurdo do valor dos imóveis em Brasília, que uma hora iria despencar, não se falava em bolha , mas  que os precos baixariam, pois já estavam muito além da realidade de outros locais do país. Pois bem, o valor dos imoveis subiram em Curitiba, e aqui também continuaram crescendo. Hj este apto e vendido com uma " retificação" no valor em torno de 400%  do valor que meu pai vendeu.
É, realmente a bolha estourou hoje. Bolha de sabao. Os imoveis estão demorando a ser vendidos em Brasília e o preco vai baixando aos poucos nesta espera de comprador  . Baixou porque  os precos não estavam altos, mas na estratosfera, e mesmo assm continuam  um absurdo comparado a outras regiões do pais. E isso não vai mudar. Brasilia, DF e totalmente atípica  perante este Brasil, leve- se também em conta o "tamanhico" do DF ( menos espaco, menos chão para construir, mais estudo no Laís, mais dinheiro para os trabalhadores, poucos imoveis, imoveis mais,caros, senão precos estáveis como hoje. Preços Menores? Comparando ao país, difícil  acreditar nisso. Investir em imóvel nesta terra distrital sempre sera um bom negocio. A qualquer tempo, a qualquer hora.  Se vc ver algo fora do parâmetro, ou seja, muito abaixo do valor, de uma olhada nos docs do imóvel, veja se não deve Iptu de 20 anos, se o cara não ta com tudo penhorado, marido querendo passar perna na esposa, filhos, divorcio aqui e o que não falta). Não sendo nenhuma dessas alternativas, ou outra possível, (pô, to morrendo de sono, são 4 da manha, eiita brasilia atípica), corra e compre logo, e algum maluco (na verdade ele que o normal), metendo o pau na cidade, sem esquinas, sem charme, sem graça, doido para deixar isso aqui. Quem consegue passar deste estagio sem traumas, não deixa esta cidade de jeito nenhum. Nasci no Paraná, mas essa e minha cidade , com e sem graça, com e sem maravilhas eu a amo, vim para cá com 9 anos.e ja disse não sou o normal, não percam tempo querendo me pichar, por que nos somos assim mesmo...

abdd disse...

CONTINUANDO...
Comecei  juntando 5 mil + venda de um monza Classic + venda de computador e ações da extinta telebrasilia e procurando muito, quem sabe foi de alguém que não se acostumou aqui, creio que não, pois paguei o valor do mercado , comprei um ágio de 14 mil num apto no Bam-Bam (Vcs sabem de onde estou falando) na 2a. Avenida em cima de uma padaria. Tinha que começar nalgum lugar, e... O primeiro ...imóvel sempre é mais difícil...depois  vai dando p/ respirar , prestação de 500  do BRBomba. Encurtando, casei, engravidei, briguei com o padeiro ( música sertaneja 5 hs da manhã p/ fazer pão, não é mole não, e o danado fazia um pão maravilhoso! Tive que escolher... Ou o pão ou minha tranqüila gestação... Graças a Deus meu filho não nasceu com cara de pão francês, apesar dele ser bem branquinha, parece pao branco, mas e muito mais bonito! E eu sou morena. Vendemos, compramos casa com 1 andar pronto e o outro no reboco, no Cruzeiro Velho, adeus ford del rey, grana do PDV , mais uns financiamentos do BRBomba  para terminar a obra. Mais um filho (menina), opa, hora de negociar de novo, inicio do casório, cheios de  gás, Valmor lá. Vendemos o imóvel por  - de novo - 400% de valorização e compramos uma casa na perto da QILÂNdia  (vcs/sabem onde é né?), na 29 (QI29) no Lago  Sul. Adeus vectra, viagem nem pensar,  mais uns empréstimos do BRBomba. Mais um filho, é eu gosto muito de crianca, eu sou daqui, as pessoas são meio... Não vem ao caso. Filha hj c/ 6 anos, ainda c/ gas  o casal, vendemos e compramos outra muito boa na QI26, e aí, 3 filhos, 2 enteados, não houve jeito  : financiar na caixa, mas só  20% . Hj,  17 anos de casamento- aqui tambem da certo- mudando pro Village, nas margens do Lago,  queremos qualidade de vida e segurança, também sou brasileira e com certeza a esperança não morre jamais,  a casa vale 400% a  + do que quando compramos, compramos outra no mesmo estilo e da ainda para investir( estudos dos filhos, viagens exterior, cursos, comodidades, saúde e algum para emergência e necessidade futura. Penso em investir em algum imóvel, por aqui mesmo, não quero correr risco com goiás, porque aqui em Brasília, é aqui em Brasilia. 
Se vc puder, compre imóvel aqui, custando mais ou. Custando menos, vale a pena.
Não reparem se houver erros de digit ou gram., são 5 da matina, tenho que levantar as 6', meu filho tem aula7:10 no Maristão. 
Boa noite a todos, e obrigada pelo espaco a mim compartilhado. Fui!

Anônimo disse...

Tem um tal de You Parque são Domingos aqui na região que chega
A ser ridículo,os caras estão pedindo um absurdo num empreendimento que
Vai ter só duas torres, um condomínio provavelmente caríssimo.
Um ap de 50m2 vai custar mais caro do que você paga num de 70m2 ,pronto,em condomínios bem mais viáveis economiamente da região,
Hoje em dia se gasta mais com panfleto,propaganda,babação de ovo do que com tijolo e areia.
Só que banqueiro sabe o valor real das coisas,daqui a 3 anos quando for hora pegar o financiamento o otário vai levar um não do banco e devolver o apartamento para a construtora

Cemara Loteamentos disse...

Gostamos muito da matéria! Parabéns! Muito bem elaborada!
E pra quem procura investimentos em loteamentos abertos, fechados ou loteamentos industriais na região de Campinas, Piracicaba e Ribeirão Preto a Cemara Loteamentos tem a opção correta pra você. Podemos tanto tirar suas dúvidas a respeito do assunto, como apresentar ótimas oportunidades que cabem no seu bolso! Acesse nosso site www.cemara.com.br!

Flavio disse...

abdd, você quer segurança e compra uma casa no Village Alvorada, aquele condomínio construído irregularmente numa invasão de terra pública às margens do Lago Paranoá? Onde está a segurança disso?

Flavio disse...

Conversa de corretor

http://revistaepoca.globo.com/vida/walcyr-carrasco/noticia/2012/09/conversa-de-corretor.html

Flavio disse...

Para quem acha alto o preço dos imóveis em Brasília:

http://economia.ig.com.br/2012-09-14/veja-quais-sao-os-bairros-mais-caros-e-baratos-de-sp-e-rj.html

Anônimo disse...

Não é a toa q os preços dos imóveis aqui não sobem mais. segundo a matéria, queda maior q dos servidores só a do pessoal da construção civil... sinal dos tempos

"Salário de servidor cai 4% e arrasta a renda no Distrito Federal"

'http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2012/09/19/internas_economia,323286/salario-de-servidor-cai-4-e-arrasta-a-renda-no-distrito-federal.shtml'

Editor disse...

Existe um ótimo livro sobre mercado imobiliário que possui um programa de afiliados que paga comissões para blogs do setor que o divulgam. A comissão é elevada e a taxa de conversão muito alta em blogs como o seu. Visite http://www.livronegro.com/atendimento/ganhe-dinheiro.html

Anônimo disse...

Realmente, os preços dos imóveis em Brasília não caem, nunca.

Vou citar apenas alguns exemplos de anúncios do WImoveis que não caem de preço nunca, mas se valorizam mensalmente. Como meu foco é em apartamentos com garagem, todos os relacionados têm garagem.
A cada linha, temos na sequência as seguintes informações:
Código do imóvel || [Número de quartos], metragem, quadra(bloco em alguns) [data de atualização] [preço em milhoes] [data de atualização] [preço em milhões] ...
616657 || 2 QUARTOS 53m2 407N 01102012 0,508 23102012 0,498
485470 || 2 QUARTOS 55,72m2 210N 01062012 0,620 27072012 0,550
486740 || 2 QUARTOS 64m2 210N 28052012 0,630 30102012 0,560
255357 || 2 QUARTOS 61m2 316N 19062012 0,570 11102012 0,560
213085 || 2 QUARTOS 65m2 314N 18052012 0,600 02072012 0,590
555990 || 2 QUARTOS 64m2 314N 25072012 0,650 17082012 0,600
563257 || 2 QUARTOS 64m2 314N 20072012 0,648 08082012 0,600
589351 || 2 QUARTOS 72m2 211N 05102012 0,650 22102012 0,630
469018 || 3 QUARTOS 113,0m2 310S-J 01082012 0,950 27092012 0,850
616051 || 3 QUARTOS 105,0m2 307S-? 03102012 0,900 26102012 0,880
411347 || 3 QUARTOS 103,0m2 103S-G 29082012 0,900 19102012 0,890
590915 || 3 QUARTOS 107,0m2 110S-D 28092012 0,990 26102012 0,950
526264 || 3 QUARTOS 110,0m2 110S-? 15092012 0,999 24102012 0,955
611878 || 3 QUARTOS 110,0m2 110S-? 25092012 1,000 20102012 0,990

Enfim, nunca caem os preços de imóveis em Brasília, mas sempre valorizam pelo menos 30% ao ano. E vendem fácil, pois sempre há novos funcionários públicos vindo pra cá, sem contar "a copa", que vai trazer grande valorização pros imóveis.

Claro! "A copa" valoriza 300 mil num imóvel que vale 600 mil. Durante o mês da copa, aluga-se ele por 450 mil, e terás lucro de 150 mil em um mês...

Entenderam a lógica? Nem eu!

O problema é que essa "lógica" funciona por que as propagandas dos grandes "lançamentos" falam isso e muitos acreditam e "investem".

Tem anúncio mais furado que o do Hotel das Nações da JC Gontijo? Veiculam direto na CBN, a nova classe de hotéis que vai ser lançada, que representa mais de 3 fontes de renda em um só empreendimento... Com a chegada de grandes eventos em Brasília, existe uma excelente oportunidade de investimento... Enfim, sempre tem gente que cai nisso, senão não estavam lançando. De qualquer forma, pessoal, a bolha está desinflando!

Anônimo disse...

Está caro pagar R$ 6.400 no m² no Sudoeste Econômico? Valeria a pena?

Pedro Júnior disse...

Anônimo,
Acredito que está caro pagar 6400 no sudoeste econômico. Os prédios não possuem elevador, não possuem garagem, são, em sua maioria, de padrão médio para padrão baixo de acabamento, as plantas que eu conheço são de apartamentos muito pequenos. Bem, é uma decisão pessoal, mas considero o sudoeste econômico bem localizado mas os prédios ruins para a localização. Acredito que um bom preço por lá seria 3000 o m2 e menos que 2500 seria barato.

Anônimo disse...

Gostaria de saber a opiniao sobre o empreendimento Venice no park sul e o que voces acham da localizacao. Quero um apartamento pra morar e em uma localizacao boa, pois ja me falaram de aguas claras. Mais pra mim aquilo e um inferno de longe e transito pessimo pro plano.

Anônimo disse...

Esse empreendimento o metro ta saindo por 9 mil reais, na verdade um absurdo, o que me chamou a atencao foi a localizacao e o lazer que vai ter e outra nao vou comprar pra investir e sim pra morar, pois sou solteira e tenho 25 anos, servidora e sera o meu primeiro apartamento. Mais gostaria de ouvir as opinioes de vcs , pois vejo q sao experiente nesse ramo.
Agradeco desde de ja!!!

Anônimo disse...

Sim, exsite bolha e quem é "investidor" e não acredita, bem... lembre-se desse blog quando estiver caindo...

Saiu um estudo do IPEA (repare é que .gov.br) apontando *SIM* a existencia de uma bolha: "Preço de imóvel é irrealista e insustentável": Aqui é o link para o documento: http://www.ipea.gov.br/sites/000/2/publicacoes/tds/td_1762.pdf

Outra coisa, procurem por "Brazilian Property Bubble" no google, e verão os jornais (imparciais) do mundo falando desse problema que logo afetará o Brasil. Parabéns aos que inflaram a bolha e atrasaram o sonho de algumas familias adquirirem suas casas com valores realistas, mas nos próximos anos vocês terão o que merecem.

Anderson Silva disse...

Olá,nossa adoro esse blog,só tem artigo bom,sempre que dá estou passando aqui,depois que meu amigo me recomendo nunca mais deixei de visitar,alguem sabe me falar se assim aqui é bom www.softwarecelularespiao.org ? abraços,assim que der eu volto pra comentar aqui no blog

Anônimo disse...

Gostaríamos de apresentar o portal EncontrandoImoveis.com.br

O EncontrandoImóveis é o primeiro portal do Distrito Federal no qual você pode anunciar imóveis de forma 100% gratuita e sem burocracia.

Você poderá cadastrar quantos imóveis quiser e por tempo ilimitado.

O anúncio pode conter fotos, descrição do imóvel e várias outras informações.

Cadastre seu imóvel agora mesmo!

Agradecemos a atenção.

EncontrandoImoveis.com.br

Anônimo disse...

Encontrando Imóveis

Anuncie seu imóvel gratuitamente!

www.encontrandoimoveis.com.br

Anônimo disse...

Só sei que já tem gente grande na samambaia fazendo feirão de imóveis pra ver se vende alguma coisa.

Daqui a dois anos eu compro o meu, sem pressa.

Imóveis disse...

Seu blog é muito bom!! Gostei demais de tudo que é relacionado a imóveis!