12 de out de 2010

Liberdade na Estrada 2010 – Brasília


http://www.ordemlivre.org/blog/


Liberdade na Estrada 2010 – Brasília

O professor Adolfo Sachsida está neste momento proferindo sua palestra no auditório Joaquim Nabuco na Universidade de Brasília mostrando o retrato do desastre no setor imobiliário no Brasil.
Eis os pontos:
Segundo Sachsida, os recursos para financiamento da casa própria estão acabando e a solução do governo é aumentar ainda mais o crédito para as pessoas com dificuldade de pagamento. “A Caixa Econômica Federal (CEF) está fazendo o mesmo que o governo americano no caso do subprime e que levou à bolha imobiliária nos Estados Unidos”.
Um dos erros dessa decisão governamental é unir a política monetária com a política fiscal para aquecer um mercado já aquecido.
Mestre e doutor em economia, Sachsida diz que só faltam duas medidas estatais para consolidar o desastre:
1- O governo autorizar o setor financeiro a receber Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) como garantia de empréstimos.
Significa dizer que o governo está autorizando empresas a investirem em CRI para os usá-los como garantias.
2- A Caixa dar garantias de recompra automática de CRI.
“Quando a bomba estourar não adianta dizer que a ganância do mercado é a responsável”, adverte Sachsida. “Não há qualquer problema em criar mecanismos para que as pessoas mais pobres possam comprar casa própria, mas a forma que se faz diferencia uma ação bem sucedida do desastre. O governo brasileiro está conduzindo nossa nação para o precipício”.

Um comentário:

Anônimo disse...

Outra questão importante é saber se as pessoas terão seus créditos aprovados para comprar apartamentos de 2 quartos por 700.000, 3 quartos por 1.000.000 e 4 quartos por 1.500.000 no
Setor Noroeste de Brasília.

Isto nos preços atuais, sem falar que serão reajustados pelo INCC até a entrega, e depois serão reajustados pelo IGPM + 1% após as chaves.

Tem que ter bolso muito fundo (por muitos anos) para pagar tanta dívida.

E haja vontade de morar no Setor Noroeste!